Agência Direito Fácil

Psicologia na publicidade do escritório de advocacia

Psicologia na publicidade

Entenda o que é a psicologia na publicidade e quais são seus benefícios para o escritório de advocacia

Qualquer tipo de propaganda para quem atua na área de advocacia deve seguir as regras do Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil. Ainda assim, há formas de conseguir divulgar seu trabalho, sem infringir as regras e tendo resultados positivos. Para isso, a principal premissa é buscar soluções criativas para obter uma estratégia eficaz e coerente com as normas vigentes.

Para isso, o emprego da psicologia na publicidade pode ser útil, alavancando os resultados de seu escritório de advocacia. Isso porque, ao utilizar suas técnicas, o escritório de advocacia aumenta as chances de passar sua mensagem corretamente. Dessa forma, se tem como resultado, um incremento na taxa de visitas, permanência e também de conversão. Em outras palavras, mais leads, consequentemente, clientes para o escritório.

O que é a psicologia na publicidade

Você sabe por que as campanhas de natal da Coca-Cola fizeram tanto sucesso ao longo dos anos? A resposta está na Psicologia, já que através do marketing emocional, ela procurou ativar gatilhos que refletissem valores, dores e alegrias do cliente. Consequentemente, a mensagem que a empresa queria passar foi armazenada na memória à longo prazo. Inclusive, há provas da neurociência de que uma mensagem emocional é dificilmente esquecida, já que as amígdalas são ativadas pelo input emocional, facilitando a fixação no hipotálamo.

A psicologia na publicidade gera um processamento ativo ou passivo, o que faz com que a mensagem se relacionasse com experiências e sentimentos. Consequentemente, aumentou as chances de se fixar na memória e influenciar a decisão de compra do seu público alvo.

Apesar de ser uma técnica antiga e extremamente eficaz, é importante ter cautela ao utilizar a emoção na comunicação, quando se trata de um escritório de advocacia. Isso porque não se pode transgredir regras importantes impostas pela OAB, sob risco de sanções severas e prejuízo de imagem. Porém, se bem feita, pode trazer diversos benefícios para o escritório.

Benefícios de usar a psicologia na publicidade

Primeiro de tudo, é importante enfatizar que toda comunicação deve ser feita com base no Código de Ética da OAB e  na ética universal. Para escritórios de advocacia é também fundamental prestar atenção às regras vigentes para veiculação de qualquer sorte de anúncio publicitário na área. Tendo isso em mente, com foco no crescimento sustentável e justo, se pode fazer uso do marketing emocional através da psicologia.

Se aplicada com cautela, a psicologia na publicidade do escritório de advocacia pode gerar muito valor. Porém, suas vantagens são amplas e englobam uma série de fatores correlatos. Afinal, em se tratando de emoção, a formação da imagem através da percepção é muito mais elaborada, passando pela via afetiva e percorrendo diversos caminhos na mente, antes de ser armazenada. Dessa forma, a mensagem fica associada a valores positivos, trazendo diversos benefícios.

Maior confiança no escritório de advocacia

Usar a psicologia na publicidade pode levar o seu cliente a ter mais confiança no escritório de advocacia. Afinal, seus valores estarão atrelados a uma comunicação efetiva, ressoando nos valores do cliente. Isso acontece de forma natural em estratégias comuns, porém ao utilizar o marketing emocional, fica muito mais marcado na mente.

Essa associação de valores aos seus próprios faz com que se desenvolva um laço afetivo ou pelo menos de simpatia com o escritório. Consequentemente, o vínculo é maior, gerando mais confiança na imagem vinculada e principalmente na qualidade do trabalho oferecido pela instituição.

Fidelização de clientes

Quando o escritório de advocacia consegue comunicar adequadamente, com a correta aplicação do marketing emocional, há maiores chances de fidelizar os atuais clientes. Tendo isso em mente, pode-se perceber que, quando mais solícito e próximo daquele que contrata seu escritório, melhor fica a relação, claro que tudo dentro dos limites necessários.

Da mesma forma ocorre quando se consegue usar a psicologia na publicidade, revelando nuances que existem no seu escritório, mas que nem sempre são divulgadas. Em outras palavras, existem meios de se fidelizar os clientes através da correta expressão de valores de marca, associando aos processos mentais adequados para sua fixação.

Maior margem de erro e garantia de posicionamento

Quando o escritório trabalha bem sua comunicação, consegue atrelar a imagem desejada à mente do cliente. Dessa forma, pode ficar em uma posição mais confortável diante dos concorrentes, pois ao se posicionar devidamente, está garantindo melhores resultados e fidelização a longo prazo.

Além disso, há também uma outra grande vantagem de utilizar o marketing emocional, que pode até mesmo salvar seu escritório durante uma crise. Ele liga o público alvo aos valores do escritório, formando uma conexão mais profunda, cuja possível crise de imagem temporária ou comentário contrário não abalará. Desse modo, você fortalecer o vínculo com o alvo, garantindo o posicionamento no mercado e dando uma maior margem de erro.

Ressignificação e educação acerca do ramo escolhido

Quando se aplica a estratégia de comunicação adequada, fica mais fácil ressignificar alguns conceitos que a sociedade enraiza em suas tradições. Por exemplo, pode ser que o seu escritório tenha um posicionamento que se centre na imagem da modernidade e agilidade, ao invés de tradição como muitos escolhem. Através do marketing afetivo, você poderá ressignificar  os valores que você deseja ao escritório.

Ademais, o processo de educação passa a ser revisto, com um olhar mais voltado aos processos mentais complexos. Dessa forma, a mensagem que você transmite passa a ter um laço afetivo, consequentemente, leva mais tempo para que a pessoa processe e armazene. Como resultado, passa a dar não apenas novos significados, mas também facilitar a educação do público no sentido pretendido.

Escritório associado a valores positivos

Por mais que se procure manter uma imagem positiva no mercado, há vezes em que fica complicado lidar com comentários ou até mesmo conceitos preconcebidos sobre o ramo de atuação. Dessa forma, é fundamental buscar formas de associar valores positivos ao seu escritório, reforçando a imagem positiva na mente do seu cliente alvo.

Para isso, pode-se utilizar a psicologia na publicidade a fim de atrelar emoções positivas aos valores considerados fundamentais e reforçados pela sua equipe de comunicação. Por conseguinte, seu escritório de advocacia passa a contar com um arcabouço afetivo mais complexo e estabelecido, evitando problemas futuros e aumentando o seu campo de atuação, com mais leads, clientes e por final, renome.