Agência Direito Fácil

8 técnicas de SEO para escritório de advocacia

técnicas de SEO

Confira as 8 técnicas de SEO que darão maior visibilidade ao site de seu escritório de advocacia

As estratégias de SEO se tornaram indispensáveis para qualquer empresa que queira fazer marca digital e criar sucesso na internet. Logo, para que o cliente conheça seu escritório de advocacia, é necessário que você entenda como ter um bom ranqueamento no Google, através da otimização dos mecanismos de busca. Por isso, confira 8 técnicas de SEO fundamentais para qualquer site que deseja ter seu conteúdo em destaque na internet.

Técnicas de SEO: 8 dicas para seu site

Nos tempos atuais, é essencial que o escritório de advocacia consiga atrair novos clientes por meio da internet e até mesmo estabelecer novas parcerias. Porém, para que isso seja possível, o site ou blog de seu escritório de advocacia devem ter bom ranqueamento. Desse modo, confira 8 técnicas de SEO e saiba como aplicá-las em seu site, para que ele tenha maior tráfego e consiga ter maior potencial de converter leads em clientes.

1. Tenha um conteúdo relevante

Primeiro de tudo, é importante que você saiba que publicações com mais de 1000 palavras costumam ter melhor ranqueamento. Porém, apenas o número de palavras não é suficiente para que as pessoas vejam seu conteúdo. Logo, há outros fatores que influenciam na visibilidade do seu conteúdo, como: tempo em que o usuário fica na página, tempo de carregamento da página e ajustamento para a versão mobile.

Além desses fatores, saiba que o conteúdo deve ser original e rico, estando em concordância com o título. Por exemplo, caso o título diga que são 5 fatores que influenciam em algo, o autor deve listar explicitamente quais são esses 5 fatores. Logo, é como se ele estivesse cumprindo uma promessa ao leitor e, o Google avalia isso. Outro fator é a escaneabilidade, sendo importante que seu texto tenha uma estrutura organizada e que tenha alinhamento à esquerda, facilitando a leitura.

2. Utilize tags

As tags são importantes para que o algoritmo identifique quais são as palavras que o leitor deve escrever no mecanismo de busca, para que ele consiga encontrar seu conteúdo. Logo, as tags devem ser condizentes com o que você aborda em seu texto, para que o algoritmo do Google ranqueie bem o seu site e até mesmo para que você obtenha maior aprovação do usuário. Além disso, procure usar palavras-chave long tail, com enfoque em temas mais abrangentes.

3. Crie descrição para imagens

Os motores de busca precisam de uma descrição para a imagem, para que eles consigam localizá-la. Ou seja, quando não há uma descrição para a imagem, ela aparece como se estivesse em branco para o algoritmo, o que reduz a eficácia de suas estratégias de SEO. Por isso, é importante colocar a descrição na imagem, na seção que diz Alt Text, logo abaixo da representação de como ficará a imagem, na plataforma WordPress. Essa é uma das técnicas de SEO mais ignoradas, mesmo sendo importante para o ranqueamento.

4. Tenha uma boa meta descrição

A meta descrição vai transmitir de modo breve ao leitor o que ele poderá esperar do conteúdo do site. Basicamente, ela consiste naquele pequeno resumo que se situa abaixo do link que o leitor clica no mecanismo de busca para acessar ao site. Por isso, é muito importante que a meta descrição de um site seja sucinta e consiga transmitir de maneira adequada o conteúdo, despertando interesse no leitor.

5. Conecte outros conteúdos ao seu

Vale destacar que outro detalhe que melhora o SEO de seu site é a associação de links internos e externos em seu texto. Basicamente, os links internos consistem em entradas para outros artigos que estejam dentro de seu site. Porém, tome cuidado para não colocar artigos que não possuam relação com o conteúdo que você aborda no texto, sendo importante colocar algo que complemente o que você escreve.

Por outro lado, você também poderá colocar um acesso a links externos no mesmo texto. Desse modo, você disponibilizará o acesso a um outro site que aborde o mesmo conteúdo. Desse modo, além de melhorar o SEO, você poderá estabelecer parcerias e aumentar a autoridade de seu escritório de advocacia.

6. Crie links amigáveis

Otimizar a URL com um link mais sucinto e com a palavra-chave inserida nele fará com que os mecanismos de busca priorizem seu conteúdo em detrimento de outros que não tenham feito um link amigável. Por isso, não exagere na quantidade de termos na URL do blog de seu escritório de advocacia, procurando ter no máximo 4 termos.

7. Formate o tamanho e fonte do texto

A formatação da fonte e do texto de seu artigo é essencial para que você consiga bons resultados de SEO, conciliando com outras estratégias de otimização dos mecanismos de busca. Para isso, você deverá utilizar as tags H1, H2 e H3 que servirão para organizar seu texto, o que facilitará a legibilidade e facilitará a avaliação de seu conteúdo pelo mecanismo de busca. Para entender na prática, veja como utilizar cada uma dessas tags abaixo:

  • H1: 8 técnicas de SEO para escritório de advocacia
  • H2: Técnicas de SEO: 8 dicas para seu site
  • H3: Formate o tamanho e fonte do texto

Além disso, é importante entender que o H1 consiste no título e que geralmente é escrito com fonte 14 no Word. Porém, em plataformas como WordPress, a fonte já se adequa automaticamente. Relativamente ao H2, ele consiste no subtítulo e categoriza o conteúdo em diferentes seções. Por fim, o H3 é um subtítulo secundário que serve para aprofundar ainda mais o conteúdo. Se você deseja entender mais sobre tipografia, acesse esse artigo e fortaleça o marketing de seu escritório de advocacia.

8. Tenha uma palavra-chave coerente

A palavra chave é essencial para que seu texto consiga ter bom ranqueamento no Google, sendo representada no espaço de Frase-chave de foco no WordPress. Ela deve ser repetida durante o texto, sem exageros, marcando presença no parágrafo de introdução. Inclusive, esta é uma das técnicas de SEO mais elementares, já que sem o uso da palavra-chave, o conteúdo da pessoa não conseguirá competir com a concorrência.