Agência Direito Fácil

4 dicas sobre a importância das redes sociais para advogados

rede-sociais-para-advogados-1

Descubra algumas dicas para entender de uma vez por todas, a grande importância das redes sociais para advogados.

As redes sociais são, atualmente, as maiores ferramentas para ligar negócios às pessoas.

Na área dos advogados esse fato não é diferente. Afinal, redes sociais são formadas por milhões (algumas por bilhões) de usuários e certamente, muitos deles precisam de advogados.

A internet possibilita que mais pessoas conheçam o trabalho de advogados (e ou escritórios de advogados). Dessa forma, é muito importante que caso seja um advogado e não use as redes sociais, estará perdendo muitas oportunidades.

No texto de hoje, vamos te mostrar 4 dicas sobre a importância das redes sociais para advogados. Siga conosco e descubra!

Dica 1: engajamento nunca é demais

Embora existam regras sobre o que o marketing jurídico (e isso inclui as redes sociais), usar as redes sociais é muito importante, desde que feito do jeito certo.

Nesse primeiro ponto, as redes sociais são muito importantes para trazer engajamento para seu trabalho (ou de seu escritório).

Tornar-se conhecido é fundamental para qualquer área, ainda mais dentro do ramo dos advogados. Com as redes sociais para advogados é possível chegar em muitas pessoas, onde verão seu conteúdo e terão as informações do tipo de trabalho que você executa. 

Porém, apenas ter redes sociais para advogados não vai garantir benefícios, para que funcione é preciso ter uma rede bem trabalhada que seja uma fonte de conhecimento para quem estiver te seguindo. 

É ótimo ser um advogado e ter vários outros advogados e estudantes de Direito te seguindo, porém, para que o “sucesso” seja revertido em ganhos é preciso ter possíveis clientes de olho em seu trabalho.

Nisso, entra a próxima dica, que certamente, vai te ajudar a ver melhor a importância das redes sociais para advogados.  

Dica 2: fortaleça sua marca 

As redes sociais para advogados devem servir para fortalecer seu nome na internet. Dessa maneira, é preciso agir de acordo, ou seja, criar conteúdos relevantes que agreguem conhecimento para quem lê.

Mas não só isso, é preciso saber o jeito certo de conversar, saber os assuntos que mais interessam ao público.

Entender seu público-alvo é a melhor forma de chegar até ele (entendendo suas dores e motivações, por exemplo).

Nas redes socais (na maioria das vezes) menos é mais, então, por mais que seja um especialista no assunto, vale mais a pena mostrar isso de uma forma fácil, do que tornar suas publicações uma verdadeiras aulas. 

Importante: caso esteja criando uma rede social para conversar com profissionais ou alunos, trazem esse seu lado especialista com bastante conteúdo será excelente. Já para falar com o público em geral, é melhor usar uma linguagem mais simples e rápida. O ponto aqui é fortalecer sua marca (seu nome) com seu público-alvo.

rede sociais para advogados

Dica 3: conheça a fundo a rede (ou as redes) que irá trabalhar seu negócio

Cada rede social é diferente uma da outra (é claro, que possuem algumas semelhanças, mas muitas têm diferenças significativas), com isso é preciso conhecer muito bem essas redes para conseguir extrair o máximo de cada uma.

Importante: as redes sociais demandam tempo para serem bem administradas. Dessa maneira, estudo muito bem qual rede irá focar. Caso planeje ter mais de uma, tenha a certeza que você ou sua equipe de conta de alimentar as redes de forma satisfatória e sem atrapalhar o trabalho. 

Aqui também o tipo de advogado que você é, irá influenciar as redes que vai usar. Além disso, é claro o tipo de contato que terá com o público também vai dizer muito.

Se busca algo que seja mais escrito, com notícias e informações rápidas, o Twitter é uma excelente opção, por justamente ter essa dinâmica como seu carro chefe.

Se quer atingir mais pessoas é recomendado usar redes maiores como o Facebook, e principalmente Instagram.

Nessas duas redes, é preciso encontrar a sua identidade, trazendo excelentes imagens/vídeos que ajudem a reforçar ainda mais suas informações.

Essas duas gigantes pertencem ao Meta (anteriormente, Facebook) e são vistas por todos os tipos de pessoas.

Vale ressaltar que recentemente o Instagram está dando mais espaço para vídeos, através do Reels, dessa forma, vale a pena utilizar dele para ter mais espaço.

Agora, se você busca se comunicar através de vídeos, com certeza, o YouTube é onde você deve investir. Ainda mais que é possível monetizar o canal, gerando uma renda extra, além de tornar sua marca muito mais difundida.

Dica 4: identidade visual

Redes sociais são redes visuais, por assim dizer, então é preciso ter uma identidade visual que traga o que o seu negócio visa mostrar para as pessoas. As redes sociais beneficiam muito mais páginas que têm uma identidade visual bem feita. Esse cuidado chama a atenção e traz mais credibilidade.

+ Veja também: Qual a importância de uma persona para um escritório de advocacia?

Por isso, invista em uma boa identidade visual para sua rede social. O conteúdo é bastante importante, porém, se as pessoas não verem certa “beleza” em seus post, dificilmente irão seguir ou se inscrever para fazer parte da sua “comunidade”.

Importante: existem regras sobre a forma que advogados criam sua identidade visual, deste modo, é recomendado ter conhecimento sobre essas regras ou (mais recomendado) contratar uma empresa especializada nesse assunto. Assim, não vai correr o risco de estar em desacordo com os parâmetros legais, além de ter a certeza de ter uma bela identidade visual (acredite, faz bastante diferença).

Conclusão

No texto de hoje, mostramos 5 dicas para entender a importância das redes sociais para advogados. Nessas dicas mostramos porque as redes sociais são tão importantes e como é possível tirar proveito delas (as redes sociais podem ser muito diferentes em si).

A identidade visual é muito importante nesse ponto, para que seja possível mostrar do melhor jeito seu trabalho e ter uma cara de seriedade que a proposta pede, sem deixar de trazer beleza e elegância (algo que conta muito nas redes sociais para advogados), desde que a qualidade acompanhe o design profissional.

Continue acompanhando esse blog para mais dicas para advogados. Esperamos que esse texto tenha sido relevante. Logo nos vemos, em um outro artigo.